Isto sou eu...nem mais nem menos, o eu que a realidade olha mas não vê!
07 de Outubro de 2009

   M: Talvez a dor que me causas-te tenha sido uma aprendizagem para mim, uma lição de vida que apesar de me ter mostrado que a vida não acaba quando um amor se acaba me fechou o coração a novas conquistas e desafios. Instalou em mim o medo da entrega total a alguém. 

   Durante dois anos foste o merecedor dono do meu coração, coloquei-te no seu centro e esqueci até de mim por ti. Não vou dizer que tudo foi mau, não me arrependo de ter gasto dois anos da minha vida contigo. Mas o que é bom em relação ao passado é que fica no passado, guardado no cantinho das recordações. Mas permanece sempre no passado.

   Estar contigo serviu-me, pelo menos, de aprendizagem como disse, aprendi a ouvir e a  ter paciência, aprendi que não me devo entregar por completo a ninguém, que a distância é uma coisa positiva, que ter ideias e vontades próprias não deve ser um problema, que ter um tempo só para mim não deve ser um privilégio mas normalidade, que amor e paixão são coisas diferentes, que um não vive sem o outro, mas que cada um tem que ter o seu momento de expressão. Aprendi que posso dizer que não gosto de uma certa atitude sem ter medo de que pensem que estou a tentar moldar alguém à minha vontade, que não tenho de esconder os meus problemas, lágrimas e frustrações porque todos as temos, que acumular dúvidas não resolve o problema e apenas o arrasta. Aprendi que tenho de ser eu própria e não o que querem que seja, aprendi que quem gostar de mim tem de aceitar-me como sou, apreciar as minhas qualidades e entender os meus defeitos.

   Agora fazes-me olhar para trás e comparar-te com os "tantos" homens que pensas que te sucederam. Surpreende-te, nem tudo o que pensas ser verdade o é de facto. E não, não foram assim tantos os homens que me "encantaram" desde que tu me "desencantas-te". As contas são fáceis de fazer: dois, precisamente. Não é que te deva qualquer tipo de explicações - não somos nada um do outro, para além de amigos, lembras-te?. Mas digo-te na mesma: o D. só me fez ver que era possível esquecer-te, mesmo que não tenha dado em nada e tenha tudo sido tão "curto", o J. fez-me esquecer-te de vez, fez-me ver que o lugar que pensei que ocupasses já não estava lá para ti, era dele!  Talvez pensasses que eras insubstituível e irresistível, talvez achasses que ia esperar que descobrisses se  querias ou não ficar comigo para me apaixonar de novo por alguém, mas já não fazes parte da minha vida e não comandas o meu coração, nem eu o comando para dizer a verdade. Talvez também pensasses que ia olhar para ti de novo como o herói que podia fazer tudo voltar ao que era antes, mas não és. Já correu muita água debaixo da "nossa ponte", da "minha ponte" agora! A verdade é que, quer queiras acreditar ou não, EU já não preciso de TI,  não preciso de TI no NÓS!

   Disse-te inúmeras vezes que vou sempre ter um ombro para te oferecer quando precisares de um amigo, a tua melhor amiga como dizes que sou, mas só. Concordámos à tanto tempo que deixaríamos a nossa história no passado que acredito que não haja mais nada a dizer, mais nada a questionar, está tudo claro, para mim pelo menos está. Por isso, digo-te de novo que tens em mim alguém que continua a gostar muito de ti, apenas de forma diferente, e que vai estar sempre por perto para sorrir com as tuas conquistas e apoiar-te nas derrotas. Do fundo do meu coração, com toda a sinceridade que sempre tive contigo, digo-te que te desejo a maior das felicidades e que espero que consigas encontrar a mulher perfeita para ti. Não corras atrás de possibilidades, o que é teu a ti virá, quando tiver que vir!

 

 

Frase do dia: "Amei-te, Perdi-te e Esqueci-te!"

 

publicado por Luna às 16:43
música: Broken-hearted girl
Pior cego é aquele que não quer ver o que está tão claro e debaixo do seu nariz!

PS: Go get them girl! =D
I mean go get HIM! =)
Helena a 8 de Outubro de 2009 às 00:52
quanto a este n sei seker o k dizer, é demasiado exprexivo, demasiado sincero poxo dzr k o senti cruel, ms confexo k merecido pelas coisas k t dixe princesa linda, ms acredita em mim knd digo k nnc acreditei k foxes igual a todas as outras e k andaxes a divertir-t cm klkr um.
acredito totalmente k tu és km esta destinada a ser a minha princesa por ixo n procuro, o destino tratara de te trazer ate mim cm tu disseste
talvez o d., a s. e o j. n tenham acontecido p/ t fazer eskecer-m mx para nos mostrar aos dois como era bom estarmos juntos...
Marco a 9 de Novembro de 2009 às 00:36
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
16
17
18
20
21
23
25
26
27
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Muito Bem!
A D. Célia está sempre à tua espera amor.É só apar...
vou. espera para ver! :)3 dias e lá estou eu
Dear princesa, Assim que deixares a Maria e a Mada...
É por isto que eu não me apaixono, não fui talhada...
Declarações a fazer: Estás bonita estás... x DPara...
O Renascimento p/ cada 1 d nós!Ainda bm k acontece...
tb ha km venha ler o k escreves a esta hora ps....
Acho muito bem que ele te faça esses sermões, mesm...
O mau humor cntg n tem lugar LOL És mais do tip...
blogs SAPO