Isto sou eu...nem mais nem menos, o eu que a realidade olha mas não vê!
16 de Novembro de 2009

Espera, não vás já embora

Chega mais perto, abraça-me.

Tenho que te dizer,

Preciso de confessar.

Não me julgues, não me castigues,

Senta-te e escuta,

Depois tenta entender.

Não me vires as costas dessa maneira,

Não me deixes a falar sozinha,

Deixa-me explicar,

Deixa-me acabar de falar.

Não grites depois, grita agora.

Diz-me tudo o que queres dizer,

Não deixes nada para amanhã,

Não me deixes em stand by para depois,

Diz qualquer coisa.

Não me mostres indiferença

Não me deixes enxergar o vazio

Não vás assim...Espera!

 

 

 

 

"Tem hora que bate uma tristeza tão grande, que eu não sei o que fazer e nem para onde ir, é tanta coisa que eu queria dizer, mas não tem ninguém para ouvir, então choro, sem ninguém ver eu choro!"

publicado por Luna às 00:20
sinto-me: Down
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
23
24
25
27
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Muito Bem!
A D. Célia está sempre à tua espera amor.É só apar...
vou. espera para ver! :)3 dias e lá estou eu
Dear princesa, Assim que deixares a Maria e a Mada...
É por isto que eu não me apaixono, não fui talhada...
Declarações a fazer: Estás bonita estás... x DPara...
O Renascimento p/ cada 1 d nós!Ainda bm k acontece...
tb ha km venha ler o k escreves a esta hora ps....
Acho muito bem que ele te faça esses sermões, mesm...
O mau humor cntg n tem lugar LOL És mais do tip...
blogs SAPO