Isto sou eu...nem mais nem menos, o eu que a realidade olha mas não vê!
09 de Julho de 2009

   Apesar de nunca ter ouvido falar desta senhora (Lene Marlin) gostei da música, encontrei-a numa busca no bendito Youtube!. Já ouvi outras músicas interessantes da Lene Marlin, talvez vá publicando mais alguma, oportunamente.

Mantendo a distância

Olho, mas não vejo nada

É como se as coisas perdessem as suas cores

E as pessoas caminham e passam por mim

Para não prestar atenção

Não é fácil ver o que estamos a perder
Eu tentei

Não te vi caminhar na minha direcção

 

Agora queres segurar a minha mão

Tu escolhes-te levá-la

A verdade é que eu nunca acreditei que conseguíssemos

Aqui estamos nós

Não vou partir

As ideias de amor e vida certamente podem ser ilusórias

Aqui estamos nós agora

 

Como é que simplesmente aconteceu?

Naquele momento eu já devia saber
O propósito do encontro

Tal como antes não acreditei em ti

De alguma maneira chegas-te até mim

Nunca mais vou começar uma luta

Quando tudo está bem

Quando finalmente tudo está bem

 

Agora queres segurar a minha mão

Tu escolhes-te levá-la

A verdade é que eu nunca acreditei que conseguíssemos

Aqui estamos nós

Não vou partir

As ideias de amor e vida podem ser ilusórias

Aqui estamos nós agora

 


Agora queres segurar a minha mão

Escolhes-te levá-la

A verdade é que nunca acreditei que conseguíssemos

Aqui estamos nós

Não vou partir

As ideias de amor e vida certamente podem ser ilusórias

Segura a minha mão

Escolhes-te levá-la

A verdade é que nunca acreditei que conseguíssemos
Aqui estamos nós

Não vou partir

As ideias de amor e vida certamente podem ser ilusórias
Aqui estamos nós agora

 

publicado por Luna às 22:31
sinto-me: Apática
21 de Maio de 2009

   Estou-me a tornar uma leitora assídua da revista "Happy", talvez por não ter o conteúdo da tradicional revista cor-de-rosa e abordar assuntos actuais de vários tipos. Este mês a leitura foi tardia, mas mais vale tarde que nunca!

   Nesta edição ouve um artigo de Carla Novo que me agradou particularmente. Trata-se de um guião de 10 passos, com base no livro "Fuck It" do autor John C. Parkin, cujo assunto é a necessidade de não levar a vida demasiado a sério e nos libertarmos da tenção diária a que estamos sujeitos, e que são desnecessárias. Gostei tanto do artigo que decidi partilhá-lo no blog, de forma simplificada, publico os 10 passos e as partes que considero mais importantes da sua descrição:

 

Desista de fazer o que não quer:

Nunca cedeu apenas para ser simpática, para obedecer aos códigos sociais que lhe ensinaram e com os quais vive sem questionar? ... Diga "que se lixe" à simpatia forçada, à boa educação fingida e não faça o que não quer fazer.

 

2º Mude de perspectiva:

Será que aquilo a que damos importância é realmente tão importante? ... Altere a perspectiva, verá que se, por exemplo, disser "que se lixe" para um carro e ficar com outro não será menos feliz por isso.

 

3º Renda-se à vida:

Viva e saboreie os bons e os maus momentos, são seus, da sua responsabilidade. Resistir será criar bloqueios, deixe fluir.

 

4º A beleza do inesperado:

Diga "que se lixe" às regras do bom e do mau, do melhor e do pior, do vale ou não vale a pena. Deixe a vida acontecer e verá que terá inicialmente a sensação de estar a perder o juízo, o controlo, mas não. Está apenas a dar os primeiros passos na sua verdadeira liberdade.

 

5º Que se lixe a ansiedade:

Criamos valores que achamos importantes em dada altura. E a pressão e o risco de não os cumprirmos é maior. Passamos a viver escravizados pelos nossos próprios valores. Experimente dizer um "que se lixe" a algumas dessas imposições e verá que se sentirá mais leve e bem mais divertida.

 

6º Que se lixe o amor:

Num relacionamento não dê tanta importância a determinadas situações, verá que fica menos dependente e que a sua auto-estima não tem de ser um iô-iô na mão do outro.

 

7º Que se lixe o dinheiro:

Quando desiste daquela compra que não pôde concretizar, ou ao contrário, quando perder a cabeça por aquelas botas fashion que lhe custaram uma fortuna. Ao invés de se culpar ou vitimizar diga em alto som um profundo "que se lixe" e verá o prazer que isso lhe causará...

 

8º que se lixe o tempo:

Diga "que se lixe" o tempo, à falta deste e verá que se sentirá mais solta, mais descontraída. Desfrute dos momentos que lhe dão prazer.

 

9º Que se lixe a disciplina:

Diga "que se lixe" à disciplina que apenas a aprisiona em falsas sensações de poder e domínio.

 

10º Diga que se lixe às suas questões:

Queremos ser pessoas generosas, meigas, sociáveis, responsáveis, atraentes, magras, inteligentes, boas profissionais, mães quase perfeitas, deusas na hora do sexo, seres espiritualmente evoluídos que sabem como limpar "karmas" de vidas passadas... Liberte-se e diga sempre que puder um grande "que se lixe!"

publicado por Luna às 13:09
sinto-me: "que se lixe!"
música: Mariah Carey - Butterfly
09 de Fevereiro de 2009

   Toda a nossa vida é regida por escolhas. Algumas que não dependem muito das nossas vontades como o nome pelo qual iremos ser chamados, a casa onde vamos morar, a escola que iremos frequentar, entre muitas outras coisas. Esta é provavelmente uma das fases mais confortáveis da nossa vida, não temos que tomar as nossas próprias decisões nem resignar às suas consequências.

   É quando existe a possibilidade de escolher o nosso próprio caminho que surgem as dificuldades. A primeira reflexão incide, na maior parte dos casos, sobre o caminho académico e profissional que se pretende trilhar, no entanto não é, a meu ver, das mais difíceis decisões que tomamos na vida, uma vez que se fundamenta em experiências anteriores, gostos pessoais e ambições. Esta é uma decisão que nos obriga a um caminho pessoal distinto do círculo social e familiar em que nos inserimos. E que nos consegue tirar o sono por vezes. Quando essa decisão está associada à deslocação para outra cidade ou país especialmente. A necessidade da mudança de residência como consequência de uma ambição profissional pode ser "brusca" e tal como é difícil partir e deixar para trás tudo o que se conhecia até ao momento, é difícil para os que ficam lidar com a ausência definitiva ou por longos períodos de tempo de quem parte.

   Cada decisão tem o seu custo de oportunidade, seja ela de que tipo for, não é possível não perder nada depois de feita a escolha, é apenas possível que haja mais ganhos com uma das direcções.

 

 

 

Frase do dia: "Na hora da despedida, é quase sempre mais triste ficar do que partir" - Em "Equador" de Miguel Sousa Tavares

publicado por Luna às 20:45
sinto-me: hum...
música: Katherine McPhee - My Destiny
18 de Dezembro de 2008

   Descobri a Colbie Caillat nestes dias, eu sei...em que planeta andaria eu durante os últimos meses ( a trabalhar de sol a sol para meu castigo). Conhecia como toda a gente que ouve rádio o single "Bublly" mas para além disso não conhecia mais NADA. Descobri então algumas músicas dela e gostei, sim senhora, têm um espírito "fresco", mas "fresca" mesmo é a música "Lucky" com o Jason Mraz...Tem uma melodia leve e uma letra que lhe assenta muito bem. Posso até atrever-me a dizer que é música para os meus ouvidos ; )

 

"I'm lucky I'm in love with my best friend
Lucky to have been where I have been
Lucky to be coming home again
I'm lucky we're in love every way
Lucky to have stayed where we have stayed
Lucky to be coming home someday"
 

=D

 

 

Frase do dia: "Pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: amor no coração e um sorriso nos lábios."  

 

publicado por Luna às 22:15
sinto-me: Hippie ... Peace and Love!
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Muito Bem!
A D. Célia está sempre à tua espera amor.É só apar...
vou. espera para ver! :)3 dias e lá estou eu
Dear princesa, Assim que deixares a Maria e a Mada...
É por isto que eu não me apaixono, não fui talhada...
Declarações a fazer: Estás bonita estás... x DPara...
O Renascimento p/ cada 1 d nós!Ainda bm k acontece...
tb ha km venha ler o k escreves a esta hora ps....
Acho muito bem que ele te faça esses sermões, mesm...
O mau humor cntg n tem lugar LOL És mais do tip...
blogs SAPO